Biologia, Trabalho Escolar, Trabalhos Escolares

CONDICIONAMENTO DE AR – Biologia – Trabalhos Escolares

CONDICIONAMENTO DE AR

Os sistemas de condicionamento de ar tiveram origem na dispersão de pequenas partículas de água no ambiente, a fim de umidificá-lo e refrigerá-lo, método utilizado nas fábricas de tecidos inglesas no final do século XIX para evitar que os trabalhadores aspirassem resíduos de fibras em suspensão.
Os objetivos teóricos das instalações de condicionadores de ar estão relacionados a uma série de parâmetros. Assim, foi comprovado que a temperatura ambiente ideal para o organismo humano situa-se na faixa de 22 a 25o C, enquanto a umidade deve ser mantida na de trinta a setenta por cento. Além disso, é necessário que o ar esteja livre de partículas sólidas e microrganismos.
Tais condições podem ser alcançadas através da utilização de diversos tipos de umidificadores, desde um simples recipiente de água, próximo a uma fonte de calor, até complexos equipamentos eletrônicos; e de instalações e produtos purificadores. No que diz respeito ao controle da temperatura do ambiente, analisam-se as perdas de calor do meio, as quais dependem de uma série de fatores: a diferença de temperatura entre o local e o exterior, os materiais de construção, a forma do recinto e a intensidade de transmissão de calor através das paredes, do chão, do teto, das portas e das janelas.
Ainda que em sentido estrito os sistemas de calefação estejam incluídos nos métodos de condicionamento de ar, esse termo é quase exclusivamente aplicado aos sistemas de refrigeração. O funcionamento de um condicionador de ar baseia-se na utilização de um agente refrigerante, na forma de um líquido volátil, que circula através de uma serpentina, em contato com o ar ambiente. Esse, por sua vez, é introduzido no sistema através de ventiladores.
Outro sistema de refrigeração, chamado de dupla condução, empregado em edifícios maiores, é constituído por uma ampla rede de tubulação, sifões e válvulas. Nesse sistema, massas de ar frio e quente fluem em dutos separados, os quais convergem para o recinto que se quer refrigerar, produzindo a temperatura desejada.
Em alguns ambientes, como de hospitais, laboratórios e certos complexos industriais, o condicionamento de ar visa principalmente a eliminação de partículas em suspensão e microrganismos. Por isso, essas instalações têm que ser submetidas a um controle de extremo rigor.

Advertisements
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s