Dicas, Matéria Português, O que é a língua portuguesa, Português, Semânticas

Dúvidas semânticas – Dicas semânticas – Matéria Português – Dicas de Português – Língua Portuguesa


Dúvidas semânticas

A palavra é sempre um assunto apaixonante. Algumas vezes somos traídos por nós mesmos. Imaginamos que conhecemos o significado de uma palavra, e de repente a surpresa: lá está o velho dicionário para nos dar mais uma lição.

A coluna de hoje é feita com a contribuição dos nossos leitores.

1ª) Leitor quer saber: “Uma decisão ARBITRADA é necessariamente ARBITRÁRIA?”

Segundo a maioria dos nossos dicionários, deveríamos fazer a seguinte distinção:

a)    “Uma decisão ARBITRADA” é aquela que foi julgada por um árbitro. ARBITRAR é decidir na qualidade de árbitro; sentenciar como árbitro. ÁRBITRO é o juiz nomeado pelas partes para decidir as suas questões.

b)    “Uma decisão ARBITRÁRIA” é resultante de arbítrio pessoal, ou sem fundamento em lei ou em regras.

Portanto, uma decisão ARBITRADA não é necessariamente ARBITRÁRIA.

2ª) Outra leitora apresenta sua dúvida: “Hoje não leio nada que contenha o termo LENDÁRIO, e sim LEGENDÁRIO. Sei que lenda em inglês é legend, mas por acaso estou equivocada ou nós temos uma palavra apropriada para o termo aportuguesado?”

Segundo nossos dicionários, LENDÁRIO e LEGENDÁRIO podem ser usados como sinônimos. Está registrado no dicionário Michaelis: “LEGENDÁRIO 1. Que se refere a legenda. 2. Que é da natureza das lendas; lendário.”

LENDÁRIO é derivado de LENDA (narrativa em que fatos históricos são deformados pela imaginação popular ou pela invenção poética);

LEGENDÁRIO é relativo a LEGENDA (inscrição, dístico, letreiro, vida dos santos, lenda).

3ª) Leitor quer saber: “a diferença entre ESTÓRIA (=fantasia) e HISTÓRIA (real) ainda está valendo?”

O problema é que a palavra HISTÓRIA pode ser usada tanto para as narrativas de fatos (=realidade) quanto para as lendas, fábulas, narrativas de ficção (=fantasia). ESTÓRIA é sempre ficção.

Não podemos é afirmar que a palavra ESTÓRIA não existe, pois está devidamente registrada no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa e em muitos dicionários: Cândido de Figueiredo, Caldas Aulete, Aurélio, Michaelis…

Nós podemos, portanto, fazer a velha distinção HISTÓRIA (=real) e ESTÓRIA (=ficção) ou usar a palavra HISTÓRIA para os dois casos.

4ª) Comentário do leitor: “Não existe HILÁRIO como adjetivo de ‘algo engraçado’, como insistem em escrever. O dicionário registra HILARIANTE.”

O nosso querido leitor deve ter sido traído da mesma forma como eu já fui muitas vezes. Consultar um único dicionário é sempre perigoso. O dicionário Caldas Aulete só registra HILARIANTE, entretanto a palavra HILÁRIO, usada como adjetivo (=que provoca o riso), aparece em outros dicionários (Michaelis, Larousse, Ruth Rocha…) e no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa.

Eu também prefiro o adjetivo HILARIANTE, mas não posso afirmar que HILÁRIO não existe.

A palavra é um assunto riquíssimo que merece ser tratado com carinho e atenção.

ENTRE SI ou ENTRE ELES?

a)    Usamos ENTRE SI, sempre que o sujeito pratica e recebe a ação verbal: “Os políticos discutiam entre si”. Aqui, o sujeito (=os políticos) pratica e recebe a ação verbal.

b)    Usamos ENTRE ELES, quando o sujeito é um e o complemento é outro: “Nada existe entre eles”. Nesse caso, o sujeito é “NADA” e o complemento é “ENTRE ELES”.

Vejamos mais exemplos:

“Os jogadores brigavam ENTRE SI mesmos.”

“Eles repartiram o prêmio ENTRE SI.”

“O prêmio foi repartido ENTRE ELES.”

“O segredo ficou ENTRE ELES mesmos.”

DESEMPOEIAR ou DESPOEIRAR?

Leitor quer saber: “Na área de controle ambiental, vejo muito ‘SISTEMAS DE DESPOEIRAMENTO’. Prefiro ‘SISTEMAS DE DESEMPOEIRAMENTO’. O verbo é EMPOEIRAR. O contrário não seria DESEMPOEIRAR?“

O nosso leitor tem razão em parte. A maioria dos nossos dicionários só registra os verbos EMPOEIRAR e DESEMPOEIRAR. Logo, a forma DESEMPOEIRAMENTO é a mais recomendável.

Entretanto, é importante saber que o neologismo DESPOEIRAMENTO e o verbo DESPOEIRAR já estão devidamente registrados no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, publicado pela Academia Brasileira de Letras.

Portanto, você pode preferir a forma DESEMPOEIRAMENTO, mas não deve afirmar que DESPOEIRAMENTO não existe ou que seu uso esteja errado.

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s