Gramática, Matéria Português, Português, Verbos Anômalos

Verbos Anômalos – Matéria Português

Alguns verbos sofrem profundas mudanças no radical durante a conjugação e recebem o nome de verbos anômalos. Portanto, os verbos ser e ir encaixam-se nessa denominação, pois sofrem alterações diferentes das que ocorrem com os verbos irregulares que sofrem mudanças num mesmo radical, enquanto os anômalos ser e ir trocam de radical.

Acompanhe as peculiaridades de cada um dos verbos citados:

a) Ser: este verbo é formado pela junção de outros dois: esse (ser) e sedere (ficar, permanecer, estar, estar sentado). O verbo sedere produz uma forma primitiva, enquanto esse produz outras duas: es, fu.

eu fui

tu foste

nós fomos

ele era

eu sou

tu és

ele é

nós seremos

que ele seja

b) Ir: provém da união de três verbos latinos: ire (ir), vadere (caminhar, andar), fugere (retirar-se, fugir).

eu fui

nós fomos

eu vou

tu irás

Até aqui tudo bem?

Fique agora com as tabelas que expõem a conjugação dos verbos anômalos citados e visualize o que foi estudado, reparando nas alterações que há num radical do mesmo verbo.

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s